NOTÍCIAS  
   
 
 
 

Seminário do Comitê Guandu-RJ visa a integração, qualificação e debate sobre avanços


Foto: Arte - Antonio Mendes

Seminário irá reunir membros e especialistas de todo Brasil


31-03-2021

O Comitê Guandu-RJ, órgão colegiado de gestão participativa da água mais antigo do estado do Rio de Janeiro, vai completar 19 anos no sábado dia 3 de abril.  Para marcar a data e cumprir com resolução interna, o Comitê vai realizar nos dias 5, 6 e 7 de abril, às 9 horas, um seminário de integração online que irá contar com a participação de especialistas de todo o país para debater a gestão dos recursos hídricos da região hidrográfica que abastece nove milhões de pessoas na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. O evento, voltado aos membros, será transmitido ao vivo pelo YouTube do Colegiado.

 Nos três dias de programação serão discutidos temas importantes em relação a política estadual de recursos hídricos, os instrumentos de gestão, a governança e as ações necessárias para os avanços em qualidade ambiental. No primeiro dia, 5 de abril, às 9 horas, Leila Heizer, servidora aposentada da então Fundação Estadual de Engenharia e Meio Ambiente do Estado do Rio de Janeiro e também do INEA, irá falar sobre o Comitê Guandu, o que é e como foram seus primeiros anos. Leila é Mestre em Ciências em Recursos Hídricos (COPPE/UFRJ) e foi a primeira secretária executiva do Colegiado. Neste dia haverá ainda a apresentação de todos os projetos em andamento e em implementação do Comitê, que à partir de agora, serão trabalhados pelos membros empossados em fevereiro deste ano. Após conhecer os projetos, os membros poderão se apresentar, falar  de suas instituições e sua atuação em recursos hídricos e meio ambiente.

Na terça-feira, dia 6 de abril, o tema será o sistema estadual de gerenciamento de recursos hídricos e os instrumentos de gestão. Mônica Massera da Hora, Doutora em Engenharia Civil com ênfase em Recursos Hídricos  (UFRJ), e professora do Departamento de Engenharia Agrícola e do Meio Ambiente da UFF, irá falar sobre o funcionamento do sistema estadual de gestão de recursos hídricos e o papel de cada ente desse sistema horizontal, moderno e participativo. Já Moema Versiani Acselrad, Doutora em Engenharia Civil com ênfase em Recursos Hídricos e Saneamento (COPPE/UFRJ), e Gerente de Instrumentos de Recursos Hídricos e Governança das Águas do INEA, irá falar sobre os instrumentos de gestão, que são as ferramentas que o colegiado utiliza para alcançar os avanços ambientais na bacia. O temas serão mediados por David de Andrade Costa - Doutor em Planejamento Ambiental (COPPE/UFRJ), e professor do Instituto Federal Fluminense. David já atuou como especialista em recursos hídricos no Comitê Piabanha. Recentemente, o artigo "Avaliação da qualidade da água com base em estatísticas multivariadas e índice de qualidade da água de um rio estratégico na Mata Atlântica brasileira" de sua autoria com José Paulo Soares de Azavedo, Marco Aurélio dos Santos e Santos Facchetti Vinhaes Assumpção, foi publicado na conhecida revista científica Nature.

O terceiro e último dia, 7 de abril, será de debates em prol de avanços. Uma mesa redonda com Osman Fernandes da Silva - Oceanólogo, Pós Doutor na área de recursos hídricos e Coordenador de Instâncias Colegiadas do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos da ANA - e, Malu Ribeiro - jornalista com especialização em políticas públicas e gestão de recursos hídricos. Diretora de Políticas Públicas da Fundação SOS Mata Atlântica, vai debater como os comitês de bacias devem atuar para concretizar as ações que a região hidrográfica necessita. A mesa terá a mediação de Ângelo Lima, Doutor em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial (UNICAMP) e Secretário Executivo do Observatório da Governança das Águas (OGA Brasil). O objetivo é debater de forma ampla as formas de atuação do colegiado para concretizar ações efetivas na bacia.

Segundo o Diretor Geral do Comitê Guandu-RJ Paulo de Tarso Pimenta (FIRJAN) o Seminário será uma oportunidade de aprendizado e crescimento: “o aprendizado, a troca de experiências e a proposição de avanços trazida pelos especialistas e membros irão fomentar e contribuir para o fortalecimento do Comitê e consequentemente para a gestão da bacia. É importante entendermos o nosso papel e buscar dentro das ferramentas disponíveis as soluções necessárias para a melhoria da qualidade e disponibilidade da água”, destacou.

Os membros do colegiado participarão ativamente de todos os dias do Seminário, que terá enquetes para a interação. A sociedade poderá acompanhar as discussões pelo canal do Comitê Guandu-RJ no YouTube. Clique aqui e acesse.

COMUNICAÇÃO COMITÊ GUANDU
Telefone: (21) 3787 3729
E mail: comunicacao.guandu@agevap.org.br  

 
   
     
  Outras notícias  
     
 
     
  Mais Notícias »  
     
 
Atendimento ao Público / Correspondências
Avenida Ministro Fernando Costa, 775 (sala 203)
Fazenda Caxias - Seropédica/RJ - CEP 23895-265
(Altos da Farmácia Universitária)
APA Guandu / CAR / Reuniões do Comitê
Rodovia BR 465, km 7 (Campus da UFRRJ)
Prédio da Prefeitura Universitária
Seropédica/RJ - CEP 23897-000
   
Tel: (21) 3787 3729
E-mail:guandu@agevap.org.br
       
Facebook Twitter